NAC recebe cadeiras do Mineirão, que se prepara para Copa de 2014

NAC recebe cadeiras do Mineirão, que se prepara para Copa de 2014

 Mineirão viveu mais um capítulo histórico nesta semana. Foi retirada a última das 50 mil cadeiras da arquibancada do estádio, como parte da atual fase de modernização da arena. Todas as unidades foram doadas a estádios do interior do Estado e também a espaços esportivos de Belo Horizonte.

O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, destaca a importância da doação. "Essa ação representa um marco na história do Mineirão, que inicia agora um novo tempo, marcado pela modernidade. Vamos oferecer um espaço perene à sociedade, que vai poder desfrutar de um espaço de lazer com uma intensa agenda esportiva e cultural ", pontua Barroso. As obras no estádio tiveram início em janeiro de 2010 e têm previsão de término em dezembro de 2012. O novo Mineirão receberá cadeiras retráteis, oferecendo mais conforto aos visitantes.

 

O lote foi doado a seis estádios do interior do Estado: Esporte Clube Palmeirense (1.000), em Ponte Nova; José Porfírio de Oliveira (2.000), em Pará de Minas; Estádio Muriaé (1.500), na mesma cidade; Estádio Vila Nova (8.000), em Nova Lima; Mamoré (3.000), em Patos de Minas; e Parque do Sabiá (25 mil), em Uberlândia. Em Belo Horizonte, o estádio Baleião recebeu 2.000 unidades; o Mackenzie, 1.300; e o projeto Viva Barreiro, 700.

 

A iniciativa está inserida dentro do plano de controle ambiental da Minas Arena, empresa responsável pelas obras do estádio. Uma das metas da empresa é a obtenção da certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design), que pode atestar o estádio como um empreendimento ambientalmente sustentável. Para isso, ela adota uma série de procedimentos em concordância com os atuais padrões internacionais de sustentabilidade.

Fonte: Gazeta de Muriaé


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!